A rádio que mudou a Rádio

A rádio que mudou a Rádio

Começou por ser Rádio Jornal, mais tarde passou a Rádio Notícias. Mas foi sempre TSF. A rádio de Emídio Rangel e Fernando Alves e David Borges e Mário Pereira. E também de António Macedo e Sena Santos e Maria Flor Pedroso. E a de todos quantos vieram com eles ou depois deles, nos estúdios das Amoreiras e nos da Avenida de Ceuta, em Lisboa e em Portugal: de José Fragoso a José Manuel Mestre, de António Jorge Branco a João Paulo Guerra, de Carlos Andrade a João Paulo Baltazar.

Primeira passagem, fugaz, com notas soltas sobre música e espectáculos, logo a seguir à fundação, em 1988. Durou até princípios da década de 90, quando a Televisão se tornou ocupação principal.
Segunda passagem em 1997-98, para a que seria a última série de crónicas de escárnio e maldizer

Crónicas de escárnio e mal-dizer

Textos de algumas crónicas transmitidas na TSF em 1997-1998
  • Putas à europeia 17-09-1997

    Uma recente sondagem encomendada pela SIC e pelo Tal e Qual demonstrou que a esmagadora maioria dos portugueses considera que a prostituição deveria ser legalizada. Estarão os brandos bons costumes lusitanos em irremediavel processo...

    Ler Mais: Putas à europeia

  • Ler jornais é saber demais 21-01-1998

    Cada vez me custa mais a entender aquela teimosa mania que o professor Cavaco tinha de não ler jornais. É verdade que os jornais, por regra, estão cada vez mais pardos e menos interessantes. E é um facto que certos jornalistas são...

    Ler Mais: Ler jornais é saber demais

  • Falando assédio 28-01-1998

    Quando não têm uma guerrazinha com que se entreter, os americanos são capazes de tudo. Até de transformar em notícia as possíveis aventuras extraconjugais de Bill Clinton. Tudo começou com uma vulgar acusação de assédio sexual - essa...

    Ler Mais: Falando assédio

  • Que grande pedra 14-01-1998

    Pela leitura da última edição do Expresso, ficámos a saber que «o Presidente Jorge Sampaio propôs na última semana aos líderes dos quatro maiores partidos a realização de um almoço comum contra a droga.» Confesso que a notícia me...

    Ler Mais: Que grande pedra

  • Insondáveis designíos 01-10-1997

    O Papa foi ver um espectáculo de Bob Dylan. Poucos anos atrás, uma notícia deste tipo seria, no mínimo, uma brincadeira de gosto duvidoso. Na melhor das hipóteses (isto é, se a notícia fosse verdadeira) seria motivo de manchete em...

    Ler Mais: Insondáveis designíos

  • Espírito de Natal 24-12-1997

    O Natal já não é o que era. Primeiro foi o 25 de Dezembro, usurpado pelos comunistas desde que, faz amanhã exactamente seis anos, o ex-presidente Mikahil Gorbátchov reconheceu oficialmente a extinção da União Soviética. Depois...

    Ler Mais: Espírito de Natal

  • Democracia lights 24-06-1998

    Independentemente do resultado do referendo de domingo sobre a despenalização do aborto, não restam dúvidas de que este acto eleitoral vai transformar de vez a vidinha da classe política portuguesa.

    Ler Mais: Democracia lights

 

ler todas as crónicas da TSF