Revista Esquerda
Devia ser-me fácil falar do Fernando Relvas. Porque somos amigos de quatro décadas, porque ele é quem é, porque a história da banda-desenhada (e da cultura) portuguesa seria certamente outra se ...
Ler mais

Esquerda.net
José Afonso morreu faz agora 30 anos. Como dizia o meu camarada, amigo e mestre Fernando Assis Pacheco, «estas efemérides são muito chatas porque, não tendo nós o dom da ressurreição, caímos ...
Ler mais

Público
Querer “unificar” a língua através da ortografia, abastardando a etimologia e impondo umas absurdas e inexplicáveis “facultatividades”, é um disparate incomensurável e só pode resultar ...
Ler mais

Notícias de Campolide
NC- Notícias de Campolide - Nov. 2014 // Quando, no já longínquo ano de 1969, José Afonso gravou Contos Velhos, Rumos Novos, o disco que o afastava em absoluto da matriz coimbrã, o primeiro som ...
Ler mais

Diário de Notícias
Poucos saberão que, em meados da década de 80 do século passado, Paco de Lucia manifestou a alguns amigos o desejo de gravar um disco com Carlos Paredes. (...) A ideia de Paco, admirador de ...
Ler mais

Diário de Notícias
Torrencial, apaixonado, firme, exuberante, truculento, corajoso. Qualquer destes adjectivos cabe em José Carlos Ary dos Santos, mas nenhum deles chega para qualificar plenamente o homem, o poeta, o ...
Ler mais

Diário do Alentejo
O meu mundo encolheu um pouco mais, esta semana. Tudo acaba, já se sabe, e os amigos não duram para sempre, nem mesmo quando o são para sempre. É assim, também, como todas as pessoas ...
Ler mais

Diário de Notícias
Em Agosto de 1973, poucos em Portugal se atreviam a imaginar que aquele Verão morno seria o último passado em clima de ditadura. Não fosse o cinzentismo geral que então caracterizava o país, e ...
Ler mais

Diário de Notícias
De Georges Moustaki ficaram vinte discos de originais, que resumem os sonhos eternos deste homem que parecia vaguear ao ritmo dos acasos, atento à realidade na exacta medida daquilo que nela lhe ...
Ler mais

Jornal do Fundão
Não há melhor meio de desvalorizar uma mensagem do que descredibilizar o mensageiro. E é isso, em primeiro lugar, que sobressai do triste folhetim natalício desenvolvido a partir do alegado ...
Ler mais

Jornal do Fundão
Infelizmente, ainda não foi desta. Apesar de anunciado com algumas centenas de anos de antecedência, o fim do mundo que muitos esperavam voltou a ser adiado. Pelos vistos, os maias são como a Maya ...
Ler mais

Diário de Notícias
Com a edição de “Com As Minhas Tamanquinhas”, neste final de 2012, ficam desde já disponíveis oito das onze edições que integram o plano de remasterizações em curso da obra de José ...
Ler mais

Jornal do Fundão
Até me fica mal dizer isto, mas confesso que, de quando em quando, chego a ter pena do professor Cavaco. O vetusto presidente passa a maior parte do tempo mudo e quedo, decerto em reflexão, tão ...
Ler mais

Jornal do Fundão
O que se passou nos dias que se seguiram à Greve Geral de dia 14 é exemplificativo do país obtuso em que Portugal se tornou nos últimos meses. As reacções em cadeia de membros do governo, ...
Ler mais

Jornal do Fundão
Notícia recente ouvida na TSF dava conta do peculiar «aconselhamento» que a polícia grega está fazer junto de cidadãos vítimas da crescente criminalidade produzida pelo agravamento ...
Ler mais

Jornal do Fundão
A manifestação que no último fim-de-semana terá juntado para cima de um milhão de portugueses, metade deles em Lisboa, num gigantesco protesto espontâneo e generalizado contra as ...
Ler mais

Jornal do Fundão
A imparável troika voltou a Lisboa para deduzir o óbvio: que a receita da austeridade é um fracasso, com a quebra do consumo a aumentar na razão directa do assalto à mão desarmada com que os ...
Ler mais

Jornal do Fundão
A modorra estival foi subitamente agitada, dias atrás, pelas declarações de Zita Seabra no programa do estulto Mário Crespo. Segundo a ex-deputada, o PCP utilizou a debelada Fábrica Nacional de ...
Ler mais

Jornal do Fundão
Com o País no estado em que está e a Europa no ponto aonde chegou, não vejo como é que alguém de bom senso consegue manter o optimismo. No entanto é isso que o (des)governo da nação continua ...
Ler mais

Diário do Alentejo
Cada um de nós devia ter direito aos seus mestres. E devia lembrar-se deles a cada dia, não num mero exercício de saudade, mas porque assim os conseguimos manter por perto e de algum modo ...
Ler mais

Jornal do Fundão
José Vilhena, o mais importante humorista português contemporâneo, fez recentemente 85 anos. Mas, com excepção da meia dúzia de amigos e admiradores que estiveram presentes numa pequena ...
Ler mais

Diário do Alentejo
Quem passe pelas ruas de Lisboa neste Verão atípico não pode deixar de reparar como a cidade tem vindo a transformar-se num sítio cada vez mais malcheiroso. Nas ruas e nos bairros pobres, como ...
Ler mais

Diário de Notícias
Não fosse a intervenção do dr. Salazar e provavelmente a obra de José Afonso não teria atingido a dimensão que alcançou e que fez dele um dos grandes vultos da música popular do século XX. ...
Ler mais

Diário do Alentejo
A decisão da comissão nacional da Unesco de adiar por um ano da candidatura do cante alentejano a património imaterial da Humanidade é mais um triste exemplo da lógica centralista do poder e da ...
Ler mais

Diário do Alentejo
Se tudo correr como previsto, a candidatura do cante alentejano a Património Imaterial da Humanidade concretiza-se esta sexta-feira com a entrega formal do processo respectivo, na sede da Unesco. Em ...
Ler mais

Diário do Alentejo
Por acordo com a direcção do Diário do Alentejo, as crónicas que a partir de agora partilharei nestas páginas não seguem o novo Acordo Ortográfico. Não por caturrice cinquentenária ou porque ...
Ler mais

Diário do Alentejo
Ao contrário do que por vezes nos dizem, o sítio onde nascemos não é necessariamente o mais importante dos nossos lugares. Nós somos, antes de tudo, de onde nos sentimos bem. E foi assim também ...
Ler mais

Zoot
Há quem diga que é um prenúncio do fim do mundo, há quem pense que se trata de castigo divino, há quem ache que a culpa é da crise económica global. Não, não estou a falar do terramoto do ...
Ler mais

Zoot
«Face aos meios de produção modernos e à sua ilimitada potência reprodutiva, há que moderar a paixão extravagante dos operários pelo trabalho e obrigá-los a consumir as mercadorias que ...
Ler mais

Para além do disco de 1975 dos Supertramp, a interrogação que dá título a esta crónica remete-nos também para o episódio que constituiu a gota de água para a demissão, há 30 anos, do ...
Ler mais

Base das Lages, Açores, 17 de Março de 2003. Um primeiro-ministro de um país periférico europeu serve de conciérge a um trio de patifes que, três dias depois, dará início à invasão do ...
Ler mais

Quando o Criador distribuiu os pecados pelo mundo, nem todos os povos tiveram a mesma sorte: aparentemente, a preguiça coube aos espanhóis, os franceses ficaram com a gula (apesar da nouvelle ...
Ler mais

Ainda não há muitos anos, qualquer forasteiro de passagem por Lisboa não conseguia divertir-se a sério sem passar pelo Parque Mayer. Durante décadas, este lugar vizinho da central Avenida da ...
Ler mais

O homem que ainda não desistiu de encontrar «um triângulo de quatro lados» chegou exactamente ao meio-dia, conforme combinado. Alberto Pimenta é dono de uma pontualidade afrodisíaca, o que é ...
Ler mais

A Capital
Não é o Elvis Presley nem o Tommy Steel, já teve um cão que voava por impulso mictório, e agora dá guarida a Sócrates, um papagaio filósofo carregado de dúvidas metódicas e muito mais ...
Ler mais

Em Junho de 2004, um «concerto de música nacionalista» foi o pretexto para um encontro de skinheads numa skinhouse de Pinheiro de Loures, nos arredores de Lisboa. Uma situação que antecipámos ...
Ler mais

De todos os registos discográficos editados este ano em Portugal, poucos terão suscitado tão grande expectativa como «A Ópera Mágica do Cantor Maldito». Desde logo pelos nove anos que o ...
Ler mais

Status (Diário Económico)
Status (Semanário Económico) | Nov/Dez.2001 // «A minha profissão não existe», diz o road manager do grupo português de maior sucesso no estrangeiro, o Madredeus. Pioneiro da produção ...
Ler mais

Status (Semanário Económico) | Out/Nov 2001 // Era uma vez um homem que gostava de cidades. A biografia de Manuel Graça Dias, arquitecto nascido em Lisboa no ano de 1953, podia começar assim. E ...
Ler mais

MPP | Set. 2001 // Com a tranquilidade que sempre o caracterizou, Janita Salomé não desiste de levar por diante a sua música, feita de muitas memórias antigas misturadas com novas sensações. ...
Ler mais

Publicou a primeira história em quadradinhos com 14 anos, mas começou a fazer fanzines aos oito. Simples na forma de estar, mas rigoroso até à exaustão de pormenor no trabalho que executa, é ...
Ler mais

É possível morrer de amor? Os poetas e outros loucos, incluindo alguns psiquiatras, acham que sim. «D. João e Julieta» é uma peça de Natália Correia onde o amor e a morte, uma vez mais, se ...
Ler mais

Skinhead. Para a generalidade dos cidadãos, a palavra tem de imediato conotações malditas: cruzes suásticas, violência organizada, ideais fascistas. Falar de skins leva invariavelmente a falar ...
Ler mais

Como todas as tribos, como todas as culturas, o universo skinhead possui uma linguagem própria, nem sempre imediatamente compreensível pelos cidadãos comuns. Foi na Grã-Bretanha que tudo ...
Ler mais

Ao vê-los em "actuação", nas claques de futebol, nas zaragatas dos bares ou nos confrontos de gangs, ninguém imagina que aqueles rapazes de cabelo rapado e ar frequentemente duro se preocupem com ...
Ler mais

A Pepsi e a Mercedes são duas das 23 empresas que custearam a mais recente viagem do Papa ao continente americano. Não tanto por fé em Deus, mas no Mercado, omnipresente como Ele. A notícia ...
Ler mais

O desvio de cerca de um milhão de contos dos cofres da Exposição Mundial de Lisboa é a prova definitiva de que o portuga médio não dá ponto sem nó e aproveita todas as oportunidades para ...
Ler mais

Boémio incurável, amante fiel mas inconstante, apreciador de bons vinhos e petisqueiro afamado, Fernando Relvas reparte o seu tempo de forma desigual entre uma casa em Almoçageme, bares diversos ...
Ler mais

O juiz espanhol Crespo Márquez, que em 1965 acompanhou as investigações, em Badajoz, do assassínio de Humberto Delgado, considera «pura fantasia» a tese apresentada no programa «Repórteres», ...
Ler mais

O Jornal
«Aderi ao PSD porque confio no dr. Cavaco Silva. Se vou fazer campanha? Não sei. Mas se eu for consultado, pela primeira vez poderei dizer que o nome do dr. Cavaco Silva é um nome recomendado.» ...
Ler mais

O Jornal Ilustrado
Carlos Antunes. Segredos e outras histórias de um guerrilheiro urbano: «Há sempre uma nova ‘guerra’ que está para chegar, e essa é sempre melhor do que a anterior. Sempre relativa, nunca ...
Ler mais

É uma cidade triste cheia de gente triste. Tão triste como o odor que se sente nas ruas, intenso e incomodativo. «Cheira a ciganos e a comunistas», explica-me Mihaela, com um sorriso igualmente ...
Ler mais

O Jornal
«Somos um povo demasiado sério e que não acredita em si próprio.» Palavras de Carlos Zíngaro, músico e autor de banda desenhada, em vésperas de um concerto em Lisboa, em meados de Março de ...
Ler mais

Se7e
Polémico, por vezes contraditório, mas sempre corajoso e firme nas suas opções, José Carlos Ary dos Santos deixou um espólio de muitas centenas de canções que fizeram um pouco de história na ...
Ler mais

Se7e
«Para mim é sempre bom ter uma oportunidade de estar junto das pessoas, de passar com elas bons momentos. Quanto mais vezes estivermos juntos, mais poderemos falar uns com os outros, mais poderemos ...
Ler mais

O Jornal
Vivemos, ao que consta, num país democrático. Sui generis, sem dúvida, mas democrático. Mais do que isso: pluralista e cristão, como mandam as regras da convivência ocidental. É claro que a ...
Ler mais

O Diário
Quem sabia, por exemplo, que a Sala do Arco – ocupando todo o interior do único piso ali existente, ao cimo de algumas dezenas de degraus – esteve em tempos para ser um museu? Ou que o seu ...
Ler mais

O Diário
Em tempo de Natal, as leis e os tribunais ficam um pouco como os pombos: aceitam aquilo que lhes dão e procuram não ser muito severos com a aplicação da justiça. Além disso, como toda a gente ...
Ler mais